Arco 2016: de Madrid a Lisboa

No ano em que a ArcoMadrid chega a sua 35ª edição, Lisboa sedia a primeira filial fora da Espanha. De 26 a 29/05, na Fábrica Nacional de Cordoaria. ArcoLisboa!!!

WebEm sua 35 edição, a ser realizada de 24 a 28 de fevereiro, a ArcoMadrid volta a ocupar o pavilhão da Institución Ferial de Madrid (IFEMA) com sua prestigiada feira internacional de arte contemporânea, uma das principais da Europa e que, neste ano, volta a contar novamente com uma forte presença de galerias portuguesas (11). No geral, com exceção da Carlos Carvalho, que não seguirá viagem desta vez, serão as mesmas da última: a 3+1 Arte Contemporânea, a Galeria Baginski Projetos, a Cristina Guerra, a Filomena Soares, a Graça Brandão, a Murias Centeno, a Pedro Cera e a Vera Cortês – Art Agency, todas de Lisboa. Do Porto vão a Quadrado Azul e a Kubik e, de Braga, a Mário Sequeira. No entanto, a grande novidade deste ano foi o anúncio da ArcoLisboa, a primeira com a chancela Arco a ser realizada fora da Espanha, um privilégio que, certamente, chega para reanimar o mercado da arte em Portugal. Ao menos, entre os dias 26 e 29 de maio, galeristas e colecionadores de todo o mundo estarão presentes na Fábrica Nacional de Cordoaria, em Lisboa. Preparem-se!

Embora China e Dubai aparecessem como os destinos mais prováveis dentro dos planos de internacionalização da Arco, a escolha de Lisboa, de acordo com a IFEMA, foi favorecida “pela progressiva recuperação da economia portuguesa, que começou a estabilizar no terceiro trimestre do último ano, e pelo investimento estrangeiro”. Sob a tutela dos mesmos organizadores da “sede” e sob a direção do espanhol Carlos Urroz, a ArcoLisboa terá uma dimensão menor do que a feira de Madrid, mas manterá os mesmos critérios de qualidade e, inclusive, deverá ser realizada anualmente. Mostrando a que veio e com um logo inspirado na bandeira aos triângulos da capital, a primeira edição na Cordoaria, a ser divida em três espaços – Portugal, Espanha e Resto do Mundo -, contará com 40 participantes internacionais, mesmo que o objetivo seja dar “visibilidade à riqueza e à diversidade do panorama artístico português, com um passado, um presente e um futuro especialmente dinâmico e interessante”, como exaltaram os organizadores em comunicado. Venha, Arco!

Mais informações sobre a ArcoMadrid e ArcoLisboa

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s